Dor nas costas: veja dicas de como evitar

novembro 18, 2020 0
SALUTE-CARE-BLOG-Dor-nas-costas.jpg

A coluna vertebral é  uma parte da estrutura corporal muito complexa e organizada. Qualquer desordem que possa atingir essa região pode acabar resultando em dores na área, como a famosa dor nas costas.

A dor nas costas é uma das principais queixas nas consultas médicas em gerais e chega a acometer entre 65% e 80% da população mundial. Há casos em que as dores vão embora espontaneamente, porém, se o desconforto persistir, o ideal é procurar ajuda profissional para tratamento adequado.

Na leitura de hoje, vamos evidenciar algumas das principais causas de dor na região e dar dicas para evitá-las. Veja!

Causas de dor na coluna e como evitar

Má postura

Os cuidados com a postura são fundamentais para evitar a dor nas costas. Se você não se posiciona adequadamente nas atividades do dia a dia, seja no escritório ou no sofá de casa, é comum que em algum momento a coluna acabe sendo prejudicada.

A postura correta permite o equilíbrio entre os músculos e o esqueleto. Essa harmonia protege as estruturas de suporte do corpo e evita lesões, deformidades e a dor em si.

Se você está faz home office, por exemplo, procure manter a coluna ereta e com os pés apoiados no chão de forma regular – separá-los mais ou menos na mesma largura dos quadris e usar um suporte caso eles não alcancem o chão -, e evite cruzar as pernas para não prejudicar a circulação ou causar desequilíbrio na distribuição do peso.

Além disso, use o computador ou celular na altura dos olhos para não deixar o queixo inclinado e causar dores na nuca, e por fim, tente não permanecer muito tempo na mesma posição.

Se você faz uso do celular ou telefone, evite apoiá-lo nos ombros para não sobrecarregar os músculos da região e prejudicar suas articulações.

De vez em quando faça pausas, alongue o corpo e movimente as pernas.

Carregar peso em excesso

É comum na correria do dia a dia, colocar os itens dentro da bolsa, maleta ou mochila sem verificar o peso antes de sair de casa. Muitas vezes, a pessoa pode sentir que está carregando uma carga além do limite e não dar atenção, até as dores nas costas se manifestarem.

O ideal é que a quantidade de objetos carregados somem, no máximo, 10% do peso corporal, ou seja, se você pesa 70 quilos, não carrega mais do que 7 quilos nos ombros, nas mãos ou costas.

Nestes casos, o correto é distribuir da melhor forma esse peso. Se você utiliza mochila, certifique-se de usar as duas alças e de que sejam largas – não mais que os ombros -, reguláveis e acolchoadas.

Fique atento com a altura da mochila, ela deve ficar no centro das costas, nem muito em cima ou muito embaixo. Assim, você tem mais conforto e proporciona segurança para os músculos que a apoiarão.

Para mulheres que utilizam bolsas, o excesso de peso do item, pode acabar sobrecarregando a coluna e desequilibrar a musculatura, uma vez que as bolsas tendem a forçar apenas em um dos ombros. Esse problema pode facilitar o desgaste da região e assimetria na postura, portanto, procure diminuir o peso e usar bolsas que também tenham duas alças.

Sobrepeso 

É frequente que pessoas acima do peso eventualmente sintam dor nas costas. Isso acontece porque o índice de massa corporal (IMC) elevado pode sobrecarregar a coluna cervical, principalmente na região lombar.

Como consequência disso, outras diversas doenças podem se desenvolver, ocasionando dores e desconforto.

Um exemplo muito comum é a hérnia de disco. Pessoas com sobrepeso apresentam maiores riscos de desenvolver a doença, pois o peso gera uma sobrecarga na coluna vertebral e pressiona os discos localizados entre as vértebras.

Esses discos têm a função de proteger nossos ossos do atrito e permitem que haja a movimentação correta da estrutura.

Quando esses discos são prejudicados e saem da sua posição regular, podem comprimir os nervos e a medula espinhal, resultando em dores na região que se intensificam conforme a evolução da doença.

Desse modo, o ideal é procurar por um profissional adequado para investir em uma alimentação correta e na prática de atividades físicas conforme orientações. 

Sedentarismo 

Você sabia que o sedentarismo influência para o surgimento de dor nas costas? Se você não tem o hábito de praticar exercícios físicos com regularidade, o baixo condicionamento físico pode deixá-lo mais suscetível ao problema.

Isso porque a falta de atividades que fortaleçam os músculos de sustentação da coluna vertebral resultam na piora da resistência a impactos ou sobrecarga que a coluna sofre normalmente, fazendo com que qualquer movimento mais brusco, por exemplo, resulte em contusões.

Em outras palavras, as atividades físicas, principalmente se diárias, contribuem para prevenir e reduzir as dores e evitar lesões na região, uma vez que os o fortalecimento muscular ajuda a restabelecer e preservar a coluna.

A dor nas costas reduz em grandes proporções o bem-estar e a qualidade de vida do paciente, portanto, se você sofre com esse problema, procure imediatamente tratamento. 

Para tudo isso, é importante contar com a orientação de profissionais especialistas. Assim, estará protegendo a sua saúde da melhor forma.

Tratamento através da Fisioterapia

O tratamento ideal para a dor nas costas pode ser feito através da fisioterapia, conforme a condição que atinge a região e as necessidades do paciente. 

De forma acolhedora, utilizando técnicas e recursos terapêuticos, o fisioterapeuta proporciona alívio dos sintomas e tratamento da condição de origem das dores.

É importante ressaltar que cada caso é único, portanto, os processos de reabilitação são individualizados, ou seja, o tratamento varia de paciente para paciente.

O objetivo final é a resolução do problema e a melhora da qualidade de vida e bem-estar.

Conte com a Salute Care

Há mais de 9 anos, a Clínica Salute Care é composta por uma equipe multidisciplinar, qualificada e especializada para realizar abordagens clínicas, diagnósticos e tratamentos de forma íntegra e humanizada, prezando o conforto e bem-estar dos pacientes.

Se você se identificou com a leitura ou com os sintomas descritos, procure ajuda de um profissional. Esperamos você, entre em contato pelos números: (11) 4762-1190 /  (11) 4312-0290 ou pelo WhatsApp: (11) 95328-0551 / (11) 97508-1855 e agende sua consulta! 

Se preferir, agende pelo nosso site clicando aqui

 


Deixar uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Há mais de 9 anos no mercado, tratamos nossos pacientes de forma humanizada e acolhedora, com o comprometimento de elevar sua qualidade de vida.

Trabalhe Conosco

Responsável Técnica: Ana Beatriz de Almeida Cezar CRP06/69978

AVISO: Este site tem caráter meramente informativo e não substitui as orientações fornecidas pelo seu médico.

Endereços e contatos

Psicologia, Fonoaudiologia, Nutrição, Psiquiatria e Acupuntura
Rua Salvador Marins, 71
Vila Vitória CEP:08730-190
Mogi das Cruzes/SP

Fisioterapia e RPG
Rua Ipiranga, 1105
Jardim Santista CEP: 08730-000
Mogi das Cruzes/SP

Telefone: (11) 4762-1190 / (11)4312-0290

WhatsApp: (11) 95328-0551 / (11) 97508-1855

E-mail: [email protected]

Todos os Direitos Reservados • Desenvolvido pela KOS - Marketing em Saúde

Open chat