Inteligência emocional: 5 dicas de como desenvolver

abril 18, 2022 0
inteligencia-emocional-salute-care-blog.jpg

Para obtermos sucesso tanto na vida profissional, quanto na vida pessoal, a inteligência emocional é algo fundamental. É através dela que conseguimos lidar melhor com as nossas emoções e entendê-las de forma a lidar com maior resiliência e compreensão perante diversas situações do dia a dia.

Neste conteúdo de blog, vamos te ajudar a entender melhor sobre o que é inteligência emocional e citar algumas dicas de como desenvolvê-la.

O que é inteligência emocional?

A inteligência emocional é a capacidade de administrar as próprias emoções, auxiliando-as a seu favor, e assim, ter relações sociais saudáveis e realizar escolhas conscientes. Ou seja, facilita o processo de compreensão das emoções, ajudando também, a evitar doenças psicossomáticas e melhorando a qualidade de vida.

Como surgiu a inteligência emocional?

A origem do conceito de inteligência emocional tem como base Charles Darwin, que notou a importância da expressão das emoções na adaptação e sobrevivência das espécies. Com o passar dos anos, diversos pesquisadores e teóricos passaram a se aprofundar e aperfeiçoar mais o conceito de inteligência emocional

No ano de 1990, Peter Salovey, um professor da Universidade de Yale, e John D. Mayer, um estudante de pós-doutorado na época, criaram o seguinte conceito sobre o assunto:

“(…) é a capacidade de perceber e exprimir a emoção, assimilá-la ao pensamento, compreender e raciocinar com ela, e saber regulá-la em si próprio e nos outros.”

Assim, eles classificaram a inteligência emocional em quatro pilares: percepção das emoções, uso das emoções, entender as emoções, e controle e transformação da emoção.

Pouco tempo depois, o psicólogo, escritor e PDH da Universidade de Harvard, Daniel Goleman, considerado pai da psicologia, abordou a inteligência emocional como uma habilidade interpessoal e intrapessoal, tendo como base características como negociação e empatia.

Atualmente, no Brasil, o Presidente da Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional (SBIE), Rodrigo Fonseca aprimorou os conceitos de inteligência emocional, associados ao cenário digital em que vivemos. Assim, ele definiu alguns pilares que caracterizam a inteligência emocional. Vamos explicá-los a seguir.

Pilares da inteligência emocional

Segundo Rodrigo Fonseca, a inteligência emocional se divide em 5 pilares: autorresponsabilidade, percepção das emoções, gerenciamento das emoções, foco e ação.

Saiba mais sobre cada uma delas a seguir.

  • Autorresponsabilidade

A autorresponsabilidade se caracteriza como a capacidade de se tornar responsável por tudo o que acontece na nossa vida, desde pensamentos e escolhas até ações, erros e acertos.

  • Percepção das emoções

Reconhecer as nossas próprias emoções contribui para o processo de autoconhecimento e também auxilia no entendimento e percepção das emoções das pessoas ao nosso redor.

  • Gerenciamento das emoções 

É o momento em que tomamos consciência sobre a nossa reação relacionada às nossas respectivas emoções, adequando-as quando necessário.

  • Foco

O foco está totalmente relacionado ao resultado, sendo assim, a capacidade de focar em aspectos das situações e pessoas.

  • Ação

Através da ação também geramos resultados e “materializamos” as nossas emoções.

Quais são os benefícios e a importância de desenvolver inteligência emocional?

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 300 pessoas sofrem com depressão ou ansiedade no mundo inteiro. Além disso, os desafios da rotina e da vida adulta podem acabar nos deixando constantemente aflitos: metas, prazos, relacionamentos, família, saúde, entre outros.

Todos esses contextos podem acabar dificultando o nosso equilíbrio emocional. Por isso, a inteligência emocional se faz cada vez mais importante.

Confira os principais benefícios:

  • Aumento da autoestima e autoconfiança;
  • Maior resiliência e redução de conflitos em relacionamentos interpessoais;
  • Melhor entendimento e direcionamento das emoções;
  • Maior senso de autorresponsabilidade;
  • Maior compreensão de visão de mundo e empatia pelos sentimentos de outras pessoas;
  • Maior equilíbrio emocional;
  • Maior clareza nos objetivos e ações;
  • Diminuição dos níveis de estresse;
  • Aumento da qualidade de vida e bem-estar.

5 dicas para desenvolver inteligência emocional

Agora que você já sabe o que é inteligência emocional, como ela surgiu e seus principais benefícios, vamos à algumas dicas que podem te ajudar a desenvolver a sua inteligência emocional.

1. Conheça os seus limites

Conhecer os próprios limites, é uma forma de autoconhecimento e também de autorresponsabilidade, afinal, esse é um processo de conhecer as suas próprias qualidades e facilidades, mas também os seus defeitos e dificuldades.

Portanto, não sinta vergonha de entender melhor esses sentimentos “difíceis”. Lembre-se também de observar situações e circunstâncias que já ocorreram na sua vida. Quantas vezes você concordou com algo que não fazia sentido para você? Esse é um exemplo do quanto é importante estabelecermos esses limites.

2. Não tenha medo de se expressar

É fundamental expressar as nossas emoções. Quando algo incomoda, muitas pessoas acabam guardando para si ou não verbalizando e expressando esse sentimento, ficando aflitas ou ansiosas.

Além disso, estamos sujeitos a ter interpretações equivocadas em diversas situações ou até mesmo em uma conversa comum do dia a dia com algum colega de trabalho, algo que poderia facilmente ser resolvido através de uma conversa. Sentimentos bons também precisam ser expressados, afinal, é uma forma de melhorar as nossas relações interpessoais.

3. Tenha humildade e empatia

Parece clichê, mas a autoconfiança é vista como um traço importante, tanto na vida pessoal, quanto profissional. Porém, bons líderes e profissionais também são aqueles que sabem ter humildade e empatia.

Assim, encontrar um equilíbrio entre a assertividade e a humildade e empatia pode fazer toda a diferença, melhorando assim, as relações interpessoais e o processo de inteligência emocional.

4. Yoga e meditação

Yoga e meditação são práticas que podem auxiliar a diminuir os níveis de estresse e ansiedade, contribuindo assim, para a inteligência emocional. Quando estamos mais calmos, conseguimos analisar com mais consciência e cuidado as nossas ações e emoções.

Ambas as práticas também exigem bastante dedicação, o que pode contribuir para a nossa automotivação.

5. Cursos sobre inteligência emocional

Como a inteligência emocional tem sido muito discutida, têm surgido vários cursos sobre o assunto. Há tanto cursos de curta duração, quanto cursos mais longos. Por isso, vale a pena conferir e analisar com atenção os assuntos abordados no curso e se são de seu interesse.

A Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional, por exemplo, oferece um treinamento específico para quem deseja se tornar um mentor no assunto.

Gostou das dicas? Esperamos ter ajudado a entender melhor sobre o que é inteligência emocional e como atribuí-la no seu dia a dia.

Conte com a Salute Care

Há mais de 10 anos, a Clínica Salute Care é composta por uma equipe multidisciplinar, qualificada e especializada para realizar abordagens clínicas, diagnósticos e tratamentos de forma integral e humanizada, prezando o conforto e bem-estar dos pacientes.

Contamos com uma equipe de profissionais especializados e prontos para te oferecer um tratamento de psicoterapia qualificado.

Esperamos você, entre em contato pelos números: (11) 4762-1190 | (11) 4312-0290 ou pelo WhatsApp: (11) 95328-0551 | (11) 97508-1855 e agende sua consulta! Se preferir, clique aqui e agende pelo nosso site.


Deixar uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Há 10 anos no mercado, tratamos nossos pacientes de forma humanizada e acolhedora, com o comprometimento de elevar sua qualidade de vida.

Trabalhe Conosco

Política de Privacidade e Proteção de Dados

Política de Cookies

Encarregado Pelo Tratamento de Dados Pessoais

Responsável Técnica: Ana Beatriz de Almeida Cezar CRP06/69978

AVISO: Este site tem caráter meramente informativo e não substitui as orientações fornecidas pelo seu médico.

Endereços e contatos

Psicologia, Fonoaudiologia, Nutrição, Psiquiatria e Acupuntura
Rua Salvador Marins, 71
Vila Vitória CEP:08730-190
Mogi das Cruzes/SP

Fisioterapia e RPG
Rua Engenheiro Eugênio Motta, 60
Centro CEP: 08730-120
Mogi das Cruzes/SP

Salute Prime
Av. Francisco Assis Monteiro de Castro, 118
Vila Oliveira, CEP 08790-160
Mogi das Cruzes/SP

Telefone: (11) 4762-1190 / (11)4312-0290

WhatsApp: (11) 95328-0551 / (11) 97508-1855

E-mail: contato@clinicasalutecare.com.br

Todos os Direitos Reservados • Desenvolvido pela KOS - Marketing em Saúde

Open chat